Tag de arquivos: programação

Manter a atenção e o foco com tanta tecnologia está sendo um trabalho bem complicado hoje em dia. Principalmente para nós programadores que, em sua grande maioria, tem acesso livre a internet no seu ambiente de trabalho. Redes sociais, sites de notícia, fóruns de tecnologia etc. Já parou para pensar na quantidade de informação que absorvemos e processamos, direta ou indiretamente, todos os dias? Pode parecer besteira, mas encher a cabeça com informações inúteis, notícias manipuladas e maliciosas, piadas e corrente sem graça nas redes sociais podem fazer com que você processe muitas informações ao mesmo tempo e não processe corretamente o que deve realmente ser processado. Já faz um tempo que venho lendo muito sobre produtividade e tentando encontrar uma forma de organizar minha vida de tal forma que eu consiga ter mais tempo para fazer mais coisa. Mas, em um dado momento, parei para pensar um pouco no…

Leia mais

Vamos falar sobre isso de uma vez por todas?!?! Amigos Pythonianos, tudo bem? Preciso confessar que estou sofrendo… E muito! Trabalhar com um código legado quase sempre é uma enorme dor de cabeça, mas não deveria ser assim. O motivo? ZONA total!!! Ok, não sou o programador mais limpo da face da terra, mas garanto que não sou sujo como alguns projetos que encontro por ai! Mas, antes de entrar efetivamente no mundo das PEPs, precisamos primeiro saber o que é, o que comem, onde vivem… O que são as PEPs? PEP — Python Enhancement Proposal (ou Proposta de Melhoria do Python) é um documento que tem como objetivo fornecer informações da linguagem para a comunidade Python. Uma PEP é capaz de fornecer uma especificação técnica concisa de recursos e justificativas para a utilização deste recurso. Atualmente existem várias PEPs disponíveis (várias mesmo), mas confesso que dentre todas elas, a mais importante para mim (a…

Leia mais

Você sabe como o import no Python funciona? Muita gente sabe para que serve, mas não como ele realmente funciona. Diferente de outras linguagens, o import do Python não é apenas a adição textual de um arquivo X em um arquivo Y, ele vai muito além disso. Quando utilizamos o import, ele executa 3 ações: 1) Procura pelo módulo importado Quando colocamos import something seria o mesmo que informar /dir/something.py. Feito isso o Python irá procurar pelo módulo referenciado em seu import para, se preciso, transformar ele em byte code. 2) Se for preciso, compila em byte code Como dito anteriormente, após localizar o módulo referenciado em seu import, o Python irá criar um arquivo .pyc compilado em byte code. Além disso, é verificado se o arquivo está ou não atualizado, se for preciso ele é recompilado no momento em que o programa for “restartado”. 3) Executa o código do módulo importado Para esse terceiro passo resta executar o byte code gerado no passo anterior.…

Leia mais

3/3